Operação Pré-Piracema promete rígida fiscalização nos rios do Mato Grosso do Sul

146292_Peixes_Piracema

Pelo menos 380 policiais atuarão em pontos estratégicos para coibir infrações nos dias que antecedem a proibição da pesca.

Policiais querem coibir pesca predatória no estado (Foto: PMA/MS)

A Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul começou na última quinta-feira, 1, a Operação Pré-Piracema nos rios do estado. O objetivo é conter a ação da pesca predatória nos dias que antecedem o período de proibição da pesca por conta da reprodução dos peixes, o qual começa em novembro e tem duração de quatro meses.

No mês passado, foram presos 42 pescadores, com 513 kg de pescado ilegal. Além disso, foram apreendidos 6 km de redes de pesca (petrechos proibidos). Também foram autuados administrativamente quatro pescadores por falta de licença de pesca.

A PMA informa que a Operação Pré-piracema, que envolve 380 policiais, englobará a Operação “Dia de Finados”, que era realizada todos os anos com início no dia 30 de outubro e se estendia até 3 de novembro. Agora ela se estenderá até o dia 6 de novembro, às 8h, permanecendo um dia depois do fechamento da pesca na Bacia do Rio Paraguai, previsto por lei para o dia 5 de novembro.

 

Fonte: Revista Pesca e Companhia










Mais notícias